9 de março de 2009

Excomunhão hipócrita

Mascarada de uma falsa moralidade e de uma falsa coerência, o arcebispo de Olinda e Recife excomungou nesta quarta-feira (4) a mãe, os médicos e outros envolvidos no aborto sofrido por uma menina de 9 anos.

Segundo a polícia, o padrasto confessou que abusava da garota. Ele seria o pai dos gêmeos que ela esperava.

É impossível olhar para este caso e não procurar outros casos em que a Igreja Católica tenha também agido com tanta coerência e celeridade.

Porém o que fica claro é apenas uma falsidade de propósitos e uma absurda incoerência.

Ora, tirar a vida é um ato praticado não apenas por AÇÃO. A OMISSÃO também mata !!!

Então, até que ponto a OMISSÃO que mata é também punível para a Igreja Católica com a repulsa hipócrita de seus líderes?

Quando os médicos fazem GREVE e pessoas morrem por causa da negligência ou omissão desses profissionais, a Igreja Católica não se manifesta, afinal, para ela, estamos sob a égide de um Estado laico, onde política e religião não se misturam. Mesmo havendo MORTES, a Igreja não pune ou excomunga nenhum dos grevistas.

E qual o maior (ou menor) mal?

Não seria a MORTE de gêmeos inocentes o mesmo atentado que acometer uma mãe, dois filhos e familiares inocentes a uma SOBREVIDA?

Em todos estes casos, inocentes são condenados a um mal irreparável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você, o que vc pensa a respeito???

Compartilhe aqui o seu comentário:

Mais recentes