26 de agosto de 2005

24 de agosto de 2005

Como pode??

Caro Presidente Lula,

Estive analisando nos últimos meses a desenvoltura com a qual seu governo age diante de tantos desafios, e cheguei a conclusão que invejo sua postura.

Estudei em ótimos colégios, formei-me em uma das mais conceituadas Universidades da minha área, já fui de tudo, prefeito, governador, deputado federal, presidente da minha empresa que exporta para países do mundo inteiro, já estive em muitos países acompanhando grandes negociações, fui recebido por presidentes, primeiros ministros e xeiques do mundo árabe, fui consultado por inúmeros políticos do Brasil e do Mundo sobre administração pública, agora, falando sério, uma coisa ainda não entendi:
Como é que se rouba desta forma descarada, não acontece nada e da acham que você é inocente ?
Me ligue...
Paulo Maluf

23 de agosto de 2005

Diferença entre "Foco na solução" e "Foco no problema"

.:: Foco no problema - Quando a NASA iniciou o lançamento de astronautas ao espaço, descobriu que as canetas não funcionariam com gravidade zero. Para resolver este enorme problema, contrataram a Andersen Consulting, hoje Accenture. Empregaram 12 milhões de dólares para sanar o problema, e conseguiram desenvolver uma caneta que escrevesse com gravidade zero, de ponta cabeça, debaixo d´água, em praticamente qualquer superfície incluindo cristal e em variações de temperatura desde abaixo de zero até mais de 300 ºC.

.:: Foco na solução - Os russos apenas usaram lápis...


Certa vez, eu tive uma palestra sobre isso...
O tema procurava ilustrar situações em que se buscam soluções complexas para problemas simples que poderiam ser resolvidos com facilidade e baixo custo. Mas, dizem, que essa história é mais uma lenda, pois russos e americanos teriam utilizado lápis em suas viagens espaciais até serem criadas canetas especialmente para uso no espaço sideral. Até mesmo, sabe-se que a fabricante das tão famosas canetas na época, não foi a Accenture. Enquanto a nova caneta não estava disponível, o lápis teria sido usado por ser a única alternativa. Mas havia os riscos de acidentes... e eles não eram pequenos.

Ao quebrar as pontas, pedaços de grafite ficavam a flutuar na cabine da espaçonave e poderiam causar acidentes se entrassem nos olhos e ouvidos dos astronautas. Ou pior: se as pontas quebradas se alojassem nos circuitos eletrônicos poderiam provocar curtos circuitos de graves conseqüências.
O lápis, portanto, foi usado enquanto não havia alternativa, pois ele mesmo poderia ser um fator de risco -- sem trocadilhos :) -- e provocar acidentes.

PT


PT

Partido orientado por intelectuais que estudam e não trabalham, formado por militantes que trabalham e não estudam e

 comandado por sindicalistas que não estudam e nem trabalham...

22 de agosto de 2005

Não_Temas


"Não temas, porque eu sou contigo;
não te assombres, porque eu sou teu Deus;
eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento
com a destra da minha justiça."

Isaías 41:10

 
Alguma vez sentiste o desejo de fazer uma coisa agradável para alguém a quem tem carinho?
 É DEUS QUE TE FALA ATRAVÉS DO ESPIRITO SANTO.
 
Alguma vez sentiste tristeza e solidão, embora parecendo que todos estão ao teu lado?
 É DEUS QUE TE ACOLHE ATRAVÉS DE JESUS CRISTO.
 
Alguma vez ao pensares em alguém que te é querido e não vês ha muito tempo, acontece que derrepente encontra esta pessoa?
 É DEUS PORQUE O ACASO NÃO EXISTE!
 
Alguma vez recebeste algo maravilhoso o que nem tinha pedido?
 É DEUS QUE CONHECE BEM O SEGREDO DO TEU CORAÇÃO.
 
Alguma vez estivesse numa situação muito problemática sem teres a menor idéia de como resolver e de repente a solução aparece?
 É DEUS QUE TE TOMA OS NOSSOS PROBLEMAS NAS PRÓPRIAS MÃOS.
 
Alguma vez sentiste uma imensa tristeza na alma e de repente é como se um bálsamo fosse derramado e uma paz inexplicável invade o teu ser?
 É DEUS QUE TE CONSOLA COM UM ABRAÇO E TE DÁ ESPERANÇA.
 
Algumas vezes sentistes tão cansado da vida, a ponto de morrer...E de repente um dia sentes que tens força suficiente para continuar?
É DEUS QUE TE CARREGA NOS BRAÇOS E TE DÁ DESCANÇO.
 

TUDO É MELHOR QUANDO É DEUS QUEM ESTÁ À FRENTE DE TUDO!!!

20 de agosto de 2005

A Bíblia tinha razão


"Os céus proclamam a glória de Deus
e o firmamento anuncia a obra das suas mãos."

Salmos 19:1




"NÓS AINDA ESTAMOS NO AMANHECER da era científica, e todo o aumento da luz revela mais e mais a obra de um Criador inteligente".

Depoimento do Cientista A. CRESSY MORRISON
(Ex-presidente da Academia de Ciências de Nova York)



(...)


"Nós fizemos descobertas estupendas; com um espírito de humildade científica e de fé fundamentada no conhecimento estamos nos aproximando de uma consciência de Deus.

Eis algumas razões para minha fé:

Através da lei matemática podemos provar sem erro que nosso universo foi projetado e foi executado por uma grande inteligência de engenharia. Suponha que você coloque dez moedas de um centavo, marcadas de um a dez, em seu bolso e lhes dê uma boa agitada. Agora tente pegá-las na ordem de um a dez, pegando uma moeda a cada vez que você agita o bolso. Matematicamente sabemos que a chance de pegar a número um é de um em dez; de pegar a um e a dois em seqüência é de um em 100; de pegar a um dois e três em seqüência é de um em 1000 e assim por diante; sua chance de pegar todas as moedas, em seqüência, seria de um em dez bilhões.

Pelo mesmo raciocínio, são necessárias as mesmas condições para a vida na Terra ter acontecido por acaso.
A Terra gira em seu eixo 1000 milhas por hora no Equador; se ela girasse 100 milhas por hora, nossos dias e noites seriam dez vezes mais longos e o Sol provavelmente queimaria nossa vegetação de dia enquanto a noite longa gelaria qualquer broto que sobrevivesse.

Novamente o Sol, fonte de nossa vida, tem uma temperatura de superfície de 10.000 graus Fahrenheit, e nossa Terra está distante bastante para que esta "vida eterna" nos esquente só o suficiente! Se o Sol desse somente metade de sua radiação atual, nós congelaríamos, e se desse muito mais, nos assaria.

A inclinação da Terra a um ângulo de 23 graus, nos dá nossas estações; se a Terra não tivesse sido inclinada assim,vapores do oceano mover-se-iam norte e sul, tranformando-nos em continentes de gelo.

Se nossa lua fosse, digamos, só 50.000 milhas mais longe do que hoje, nossas marés poderiam ser tão enormes que duas vezes por dia os continentes seriam submergidos; até mesmo as mais altas montanhas se encobririam.

Se a crosta da Terra fosse só dez pés mais espessa, não haveria oxigênio para a vida.

Se o oceano fosse só dez pés mais fundo o gás carbônico e o oxigênio seriam absorvidos e a vida vegetal não poderia existir.

É perante estes e outros exemplos que NÃO HÁ UMA ÚNICA CHANCE, em um bilhão, de que a vida em nosso planeta seja um acidente.

É cientificamente comprovado o que o salmista disse: "Os céus declaram a Glória de Deus e o firmamento as obras de Suas mãos."




Colaboração de Um Amigo de Deus:
Cenírio Ronaldo Guedes Vieira



COMENTE ESTE ARTIGO!

19 de agosto de 2005

Pouca vergonha!


Fiquei impressionado ao saber que todas as nossas informações pessoais, tais como endereço, telefone (em alguns casos), filiação, número de CPF, RG, Título de Eleitor etc, estão à disposição de quem se interessar, bastando para isso acessar o site abaixo, criado através de um protocolo de cooperação entre as polícias de vários países para facilitar o trabalho delas.

Basta acessar o site e digitar o primeiro e o último nome da pessoa e ter acesso aos dados que falei e outros mais.

Adeus privacidade....

Façam o teste, digite seu primeiro e último nome e acesse suas informações pessoais! Isso não pode ficar assim!

17 de agosto de 2005

Árvores da era dos dinossauros vão a leilão


Rebentos de uma árvore gigante que era tira-gosto de dinossauros e que se acreditava também estar extinta até ser descoberta, por acaso, na Austrália, serão oferecidos à venda ao público no mês que vem pela primeira vez. Menos de 300 dessas árvores -- que podem atingir pelo menos 40 metros de altura e viver 1.000 anos -- serão colocadas à venda pela casa de leilões Sotheby's, individualmente e em lotes.

"O leilão será em Sydney, mas nossa expectativa é que haverá lances por telefone de todo o mundo", disse uma porta-voz do Kew Gardens, jardim botânico de Londres, onde a amostra da árvore foi exposta em maio. "A idéia é preservar a árvore, vendendo-a comercialmente pelo mundo", disse ela, acrescentando que amostras individuais devem alcançar 2.000 dólares australianos e coleções da descoberta original, até 50.000 dólares australianos, segundo as expectativas.

Os pinheiros de Wollemi só eram conhecidos por fósseis de 90 milhões de anos, até a descoberta, por acaso, de um agrupamento vivo, nas Grandes Montanhas Azuis, 200 km a oeste de Sydney, pelo agente florestal David Noble. Até hoje, o local exato é um segredo bem guardado, para proteger da interferência humana indesejada as 100 árvores -- parentes da moderna araucária.

16 de agosto de 2005

Bateria usa urina para funcionar

A tecnologia permitirá que kits usados para exames de urina não precisem das baterias de lítio, ou de fontes externas de energia, para funcionar. Isso porque a própria urina do paciente é usada para gerar a energia necessária à análise.

O Dr. Ki Bang Lee, que dirige o grupo do "Instituto de Bioengenharia e Nanotecnologia de Cingapura" responsável pela criação, conta que os cientistas estão lutando pelo desenvolvimento de "biochips para detecção de doenças", que seriam "baratos, descartáveis e do tamanho de um cartão de crédito". Baterias como a movida a urina poderão integrar esses dispositivos, já que geram eletricidade por meio do contato com fluidos corporais.

A bateria é feita de uma camada de papel embebida em cloreto de cobre e envolvida entre tiras de cobre e magnésio. Segundo o Dr. Lee, 0,2 mililitros de urina podem gerar 1,5 volts de energia.

Maradona estréia programa na TV e tem Pelé como convidado

Diego Maradona estreou como apresentador de televisão na Argentina e, se ainda não conseguiu aproveitar toda habilidade que encantava nos campos de futebol de todo o mundo, fez um bom trabalho diante do convidado de honra Pelé. Vestindo camisa e casaco pretos, calça de cowboy, bem mais magro e com o mesmo penteado que o caracterizou em suas epopéias com a bola, Maradona lançou o programa "A Noite do 10" cantando um pouco desafinado um tema musical que fala de sua história. Pela primeira vez dividiu as câmeras de TV com Pelé e, diante de um reconhecimento mútuo pelas trajetórias de ambos nos estádios do mundo, a bola foi a desculpa para uma rápida tabelinha entre eles, antes de uma troca de presentes. A conversa entre eles, logo depois de um emotivo abraço, aconteceu em uma mesa no centro do estúdio pintada com as bandeiras de Brasil e Argentina. Relembraram piadas, falaram do atual momento político e futebolístico no mundo, destacaram diferenças pessoais no passado, e se desejaram sorte para o futuro próximo. Foi o momento principal de um programa que durou mais de duas horas, cujas imagens correram o mundo.

MÚSICA E PINTURA - Até a música serviu como entretenimento. Pelé aproveitou a ocasião para tocar violão e Maradona cantou um tango, ainda que alguns tenham comentado que preferem os dois jogando futebol do que como músicos improvisados.

'SBT Brasil' estréia com 10 pontos no Ibope

O telejornal SBT Brasil, comandado por Ana Paula Padrão, estreou nesta segunda-feira com 10 pontos na prévia de audiência instantânea, segundo o Ibope, mesmo nível registrado por seu antecessor, o Programa do Ratinho, mantendo o SBT na segunda posição no horário. A Globo marcou 34 pontos com a novela "A Lua me Disse", a Record teve 9 com "Essas Mulheres" e a Bandeirantes 4 com o Jornal da Band. Cada ponto equivale a 49.500 domicílios na Grande São Paulo.

Você tem ou não padrão?


Jornalistas nas notícias
Nunca fez-se tanto barulho em torno de Ana Paula Padrão. A jornalista apareceu tanto nos sites de fofocas e na mídia em geral que acabou virando notícia. E agora, que ela finalmente estréia como âncora no SBT, qual será o padrão do renovado telejornal?

15 de agosto de 2005

A gente somos inútil

"Se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão
(...) Se gritar pega ladrão, a correria é geral
(...) Se gritar pega ladrão, NÃO FICA UM!"


"Queres conhecer o Inácio, coloca-o num palácio."


Inquietante e profética frase do Barão de Itararé

CONTATE A MÍDIA!

Para escrever para algum órgão de imprensa, recomendamos que você sempre inclua seus dados pessoais, como nome completo, e-mail, RG e endereço completo, para ter mais chance de sua carta ser publicada


Jornais

Folha de S. Paulo
Email:
smalberg@uol.com.br
Alameda Barão de Limeira, 425, 6º andar
01202-900 - Sao Paulo - SP
Tels: 3224-3090
Editor: Sergio Malbergier

O Estado de S. Paulo
Email:
forum@estado.com.br; inter@estado.com.br
Av. Celestino Bourroul, 68 - 1º andar
02710 - São Paulo - SP
Tels: (11) 3856-2122

A Gazeta de Vitória
Email:
cafe.lindenberg@redegazeta.com.br
Vitória - ES

Editor: Carlos Fernando Lindenberg Neto

O Globo
Email:
trajano.moraes@oglobo.com.br;sandra.cohen@oglobo.com.br
Rua Irineu Marinho, 35
20230-901 - Cidade Nova - Rio de Janeiro - RJ
Tels: (21) 2534-5000
Editor: Rodolfo Fernandes

Agência Estado
Av. Celestino Bourroul, 68 - 1º Andar
02710-000 - São Paulo - SP
Tels: (11) 3856-2003 - (11) 39654291 - Fax: (11) 3857-5037

AP - Associated Press / EUA / São Paulo
Email:
slehman@ap.org
Av. Paulista, 854 - 5º Andar
01310-100 - São Paulo - SP
Tels: (11) 3145-1478 - Fax: (11) 3145-1477
Editor: http://www.ap.org/

Agência EFE
Email:
saopaulo@efebrasil.com.br
Al.Lorena, 800 Sl.608 - Jardins
01424-001 - São Paulo - SP
Tels: (11) 30516029 - Fax: (11) 30517638

Diário de Pernambuco
Email:
editores@dpnet.com.br
Praça da Independência, n° 12 - Santo Antônio
50010-902
- Recife - PE
Tels: (81) 3425.7869 - (81) 3425.7730 - Fax: (81)3425.7700
Editor: Vera Ogando


Jornal do Commercio
Email:
sampaio@jc.com.br
Rua do Imperador D. Pedro II, 346
50010-240 - Recife - PE
Tels: (81) 3419.2000 - Fax: (81) 3419.2170
Editor: Ivanildo Sampaio

Rádios

BBC Brasil
Email:
brasil@bbc.co.uk
Rua Líbero Badaró, 488
01008-000 - São Paulo - SP
Editor: Rogério Simões


Revistas

Revista VEJA
Email:
veja@abril.com.br
Caixa Postal 11079
05422-970 - São Paulo - SP
- Fax: (11)3037-5638

Revista Isto É
Email:
cartas@istoe.com.br
Rua William Speers, 1000
05067-900 - São Paulo - SP
- Fax: (11)3611-7211
Editor: Domingo Alzugaray

Revista Época
Email:
epocadir@edglobo.com.br; epoca@edglobo.com.br
Av. Jaguaré, 1.485
05342-900 - São Paulo - SP
Tels: (11) 3767-7000
Editor: Aluizio Falcão Filho

12 de agosto de 2005

Caderneta Vermelha


"Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.
Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa),
para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.
E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos,
mas criai-os na disciplina e admoestação do Senhor."

» Bíblia » Trecho da Carta do Apóstolo
São Paulo aos Efésios (Ef 6.1-4)


O carteiro estendeu o telegrama. José Roberto não agradeceu e enquanto abria o envelope, uma profunda ruga sulcou-lhe a testa. Uma expressão mais de surpresa do que de dor tomou-lhe conta do rosto. Palavras breves e incisas:

"Seu pai faleceu. Enterro 18 horas. Mamãe."


José Roberto continuou parado, olhando para o vazio. Nenhuma lágrima lhe veio aos olhos nenhum aperto no coração. Nada! Era como se houvesse morrido um estranho. Por que nada sentia pela morte do velho? Com um turbilhão de pensamentos confundido-o, avisou a esposa, tomou o ônibus e se foi, vencendo os silenciosos quilômetros de estrada enquanto a cabeça girava a mil. No íntimo, não queria ir ao funeral e, se estava indo era apenas para que a mãe não ficasse mais amargurada.
Ela sabia que pai e filho não se davam bem. A coisa havia chegado ao final no dia em que, depois de mais uma chuva de acusações, José Roberto havia feito as malas e partido prometendo nunca mais botar os pés naquela casa. Um emprego razoável, casamento, telefonemas à mãe pelo Natal, Ano Novo ou Páscoa... Ele havia se desligado da família não pensava no pai e a última coisa na vida que desejava na vida era ser parecido com ele.

O velório:
Poucas pessoas. A mãe está lá, pálida, gelada, chorosa. Quando reviu o filho, as lágrimas correram silenciosas, foi um abraço de desesperado silêncio. Depois, ele viu o corpo sereno envolto por um lençol de rosas vermelho - como as que o pai gostava de cultivar. José Roberto não verteu uma única lágrima, o coração não pedia. Era como estar diante de um desconhecido, um estranho, um...

O funeral:
O sabiá cantando, o sol se pondo. Ele ficou em casa com a mãe até a noite, beijou-a e prometeu que voltaria trazendo netos e esposa para conhecê-la. Agora, ele poderia voltar à casa, porque aquele que não o amava, não estava mais lá para dar-lhe conselhos ácidos nem para criticá-lo. Na hora da despedida a mãe colocou-lhe algo pequeno e retangular na mão:

- Há mais tempo você poderia ter recebido isto - disse. Mas, infelizmente só depois que ele se foi eu encontrei entre os guardados mais importantes...

Foi um gesto mecânico que, minutos depois de começar a viagem, meteu a não no bolso e sentiu o presente. O foco mortiço da luz do bagageiro revelou uma pequena caderneta de capa vermelha. Abriu-a curioso. Páginas amareladas. Na primeira, no alto, reconheceu a caligrafia firme do pai:

 
"Nasceu hoje o José Roberto. Quase quatro quilos! O meu primeiro filho, um garotão! Estou orgulhoso de ser o pai daquele que será a minha continuação na Terra!"

À medida  que folheava, devorando cada anotação, sentia um aperto na boca do estomago, mistura de dor e perplexidade, pois as imagens do passado ressurgiram firmes e atrevidas como se acabassem de acontecer!

"Hoje, meu filho foi para escola. Está um homenzinho! Quando eu o vi de uniforme, fiquei emocionado e desejei-lhe um futuro cheio de sabedoria. A vida dele será diferente da minha, que não pude estudar por ter sido obrigado a ajudar meu pai. Mas para meu filho desejo o melhor. Não permitirei que a vida o castigue"

Outra  página:


"Roberto me pediu uma bicicleta, meu salário não dá, mas ele merece porque é estudioso e esforçado. Fiz um empréstimo que espero pagar com horas extras"·

José Roberto mordeu os lábios. Lembrava-se da sua intolerância, das brigas feitas para ganhar a sonhada bicicleta. Se todos os amigos ricos tinham uma, por que ele também não poderia ter a sua?  
E quando, no dia do aniversário, a havia recebido, tinha corrido aos braços da mãe sem sequer olhar para o pai. Ora, o "velho" vivia mal-humorado, queixando-se do cansaço, tinha os olhos sempre vermelhos... e José Roberto detestava aqueles olhos injetados sem jamais haver suspeitado que eram de trabalhar até a meia-noite para pagar a bicicleta... !


"Hoje fui obrigado a levantar a mão contra meu filho! Preferia que ela tivesse sido cortada, mas fui preciso tentar chamá-lo á razão, José Roberto anda em más companhias, tem vergonha da pobreza dos pais e, se não disciplinar amanhã será um marginal. Foi assim que aprendi a ser um homem honrado e esse é o único modo que sei de ensiná-lo"·

José Roberto fechou os olhos e viu toda a cena quando por causa de uma bebedeira, tinha ido para a cadeia e naquela noite, se o pai não tivesse aparecido para impedi-lo de ir ao baile com os amigos...  Lembrava-se apenas do automóvel retorcido e manchado de sangue que tinha batido contra uma árvore... Parecia ouvir sinos, o choro da cidade inteira enquanto quatro caixões seguiam lugubremente para o cemitério. As páginas se sucediam com ora curtas, ora longas anotações, cheias das respostas que revelam o quanto, em silêncio e amargura, o pai o havia amado. O "velho" escrevia de madrugada. Momento da solidão, num grito de silêncio, porque era desse jeito que ele era, ninguém o havia ensinado a chorar e a dividir suas dores, o mundo esperava que fosse durão para que não o julgassem nem fraco e nem covarde.  E, no entanto, agora José Roberto estava tendo a prova que, debaixo daquela fachada de fortaleza havia um coração tão terno e cheio de amor.

A última página. Aquela do dia em que ele havia partido:

"Deus, o que fiz de errado para meu filho me odiar tanto? Por que sou considerado culpado, se nada fiz, senão tentar transformá-lo em um homem de bem? Meu Deus, não permita que esta injustiça me atormente para sempre. Que um dia ele possa me compreender e perdoar por eu não ter sabido ser o pai que ele merecia ter".

Depois não havia mais anotações e as folhas em branco davam a idéia de que o pai tinha morrido naquele momento, José Roberto fechou depressa a caderneta, o peito doía. O coração parecia haver crescido tanto, que lutava para escapar pela boca. Nem viu o ônibus entrar na rodoviária, levantou aflito e saiu quase correndo porque precisava de ar puro para respirar. Para ele, os pais eram descartáveis e sem valor como as embalagens que são atiradas ao lixo. Afinal, naqueles dias de pouca reflexão tudo era juventude, saúde, beleza, música, cor, alegria, despreocupação, vaidade. Não era ele um semideus? Agora, porém, o tempo o havia envelhecido, fatigado e também tornado pai aquele falso herói. De repente. No jogo da vida, ele era o pai e seus atuais contestadores. Como não havia pensado nisso antes? Certamente por não ter tempo, pois andava muito ocupado com os negócios, a luta pela sobrevivência, a sede de passar fins de semana longe da cidade grande, a vontade de mergulhar no silêncio sem precisar dialogar com os filhos. De repente. No jogo da vida, ele era o pai e seus atuais contestadores. Como não havia pensado nisso antes? Certamente por não ter tempo, pois andava muito ocupado com os negócios, a luta pela sobrevivência, a sede de passar fins de semana longe da cidade grande, a vontade de mergulhar no silêncio sem precisar dialogar com os filhos. Ele jamais tivera a idéia de comprar uma cadernetinha de capa vermelha pala anotar uma a frase sobre seus herdeiros, jamais lhe havia passado pela cabeça escrever que tinha orgulho daqueles que continuam o seu nome. Justamente ele, que se considerava o mais completo  pai da Terra? Uma onda de vergonha quase o prostrou por terra numa derradeira lição de humildade. Quis gritar, erguer procurando agarrar o velho para sacudi-lo e abraçá-lo, encontrou apenas o vazio.


Havia uma raquítica rosa vermelha num galho no jardim de uma casa, o sol acabava de nascer. Então, José Roberto acariciou as pétalas e lembrou-se da mãozona do pai podando, adubando e cuidando com amor. Por que nunca tinha percebido tudo aquilo antes? Uma lágrima brotou como o orvalho, e erguendo os olhos para o céu dourado, de repente, sorriu e desabafou-se numa confissão aliviadora:

- "Se Deus me mandasse escolher, eu juro que não queria ter tido outro pai que não fosse você velho! Obrigado por tanto amor, e me perdoe por haver sido tão cego?"

 


Ao Sr. VALDIR DA PAZ FEIJÓ (meu amado pai),
que me legou a própria
CORAGEM e a CURIOSIDADE
(as maiores heranças que tenho),
virtudes sem as quais eu jamais teria me
afastado do quintal de nossa casa.

11 de agosto de 2005

Vida de viajante


        (Luiz Gonzaga/Hervê Cordovil)

Minha vida é andar por esse país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Chuva e sol
Poeira e carvão
Longe de casa
Sigo o roteiro, mais uma estação
E alegria no coração

Minha vida é andar por esse país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Mar e terra, inverno e verão
Mostro o sorriso
Mostro alegria, mas eu mesmo não
E a saudade no coração

Minha vida é andar por esse país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Chuva e sol
Poeira e carvão
Longe de casa
Sigo o roteiro, mais uma estação
E alegria no coração

Minha vida é andar por esse país
Pra ver se um dia descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei

Mar e terra, inverno e verão
Mostro o sorriso
Mostro alegria, mas eu mesmo não
E a saudade no coração

O queVOCÊ diz... e o que DEUS diz!


O QUE VOCÊ DIZ E O QUE DEUS DIZ

Para todas as coisas negativas que somos tentados a afirmar, DEUS tem uma correspondente resposta positiva:


Você diz: Isto é impossível!
Deus diz: Todas as coisas são possíveis
Lc 18,27 - As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus.

Você diz: Estou muito cansando!
Deus diz: Eu te darei descanso
Mt 11,28-30 - Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.

Você diz: Estou sempre preocupado e frustrado!
Deus diz: Lance sobre mim suas preocupações
1Pe 5,7 -  Lançando sobre ele toda [e não somente algumas] a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
Prov 19,23 -  O temor do Senhor encaminha para a vida; aquele que o tem ficará satisfeito, e mal nenhum [e não alguns] o visitará.

Você diz: Ninguém me ama!
Deus diz: Eu te amo
Jo 3,16; -  Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê [basta que você creia] não pereça, mas tenha a vida eterna.
Jo 13,34 -  Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros.

Você diz: Eu não posso continuar!
Deus diz: A minha graça te basta
2 Cor 12,9 - A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo.
Sl 91,15 -  Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei.

Você diz: Estou desorientado!
Deus diz: Eu dirigirei o seu caminho
Pv 3,5-6 - Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.

Você diz: Eu não tenho condições de realizar tal tarefa!
Deus diz: Você pode fazer todas as coisas
Fl 4,13 - Posso todas as coisas [e não somente algumas] naquele que me fortalece.

Você diz: Eu não sou capaz!
Deus diz: Eu sou capaz
2Cor 9,8 - E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda [!] boa obra;

Você diz: Isto não vale a pena!
Deus diz: Isto valerá a pena
Rm 8,28 - E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

Você diz: Não existe mais perdão pra mim!
Deus diz: Eu te perdôo
1Jo 1,9 - Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda [não somente poucas, mas TODA] injustiça.
Rm 8,1 - Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.

Você diz: Eu não consigo!
Deus diz: Eu satisfarei todas as suas necessidades
Fl 4,19 - Meu Deus suprirá todas [creia... TODAS] as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus.

Você diz: Estou com medo!
Deus diz: Tenha fé em mim! Eu não te dei espírito de fraqueza
2Tim 1,7 - Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.
Hb 11,6 - Ora, sem fé [certeza] é impossível agradar a Deus [o "medo" é a "fé" ao contrário]; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia [tenha fé] que ele existe, e que é ele quem recompensa os que o buscam.

Você diz: Eu não tenho fé suficiente!
Deus diz: Eu tenho dado a cada um uma medida de fé
Rm 12,3 - Porque pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não tenha de si mesmo mais alto conceito do que convém; mas que pense de si sobriamente, conforme a medida da fé que Deus, repartiu a cada um.

Você diz: Eu não sou inteligente o suficiente!
Deus diz: Eu te darei sabedoria
1Cor 1,30 - Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção.

Você diz: Eu me sinto sozinho!
Deus diz: Eu nunca te deixarei, jamais te abandonarei
Hb 13,5-6 - Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei. De modo que com plena confiança digamos: O Senhor é quem me ajuda, não temerei; que me fará o homem?

Você diz: Eu não sei se tenho autoridade sobre o mal!
Deus diz: Eu te dou poder sobre TODO o inferno
Lc 10,19 - Eis que vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões [satanás e seus anjos], e sobre TODO o poder do inimigo [todo o mal]; e NADA vos fará dano algum.

Você diz: Será que DEUS quer me atender?
Deus diz: Quero que a sua alegria se cumpra
João 16,24 – [disse JESUS:] Até agora nada pedistes em MEU NOME; peçam, e receberão, para que a alegria de vocês seja completa.


JESUS CONVIDA VOCÊ

MATEUS [11]:28
Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

JOÃO [14];6
Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho [não existe outro caminho], e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

 I JOÃO [5]:11,12
E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.

 APOCALIPSE [3]:20
Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.

 I JOÃO [1]:9
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.

JOÃO [1]:12,13
Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.

Atarefado


"Tudo tem a sua ocasião própria,
e há tempo para todo propósito debaixo do céu."

Eclesiastes 3:1

Texto: Ron Mebl

 
Nunca me esquecerei do dia em que vi, da salada de estar, nosso filho mais novo, Mark, chegando da escola debaixo de chuva. Mark estava no terceiro "não", e recebera permissão para ir de bicicleta à escola, localizada em nosso bairro. Naquele dia, cheguei em casa mais cedo da igreja e estava sentando numa poltrona perto da janela. A chuva caía la fora, e vi meu filho ao longe, caminhando com dificuldade debaixo d'água. Ele estava com as roupas completamente encharcadas e o cabelo grudado na cabeça. Assim que abri a porta, ele olhou para mim e deu um leve sorriso, com o rosto vermelho por causo do frio.

- Oi, papai!" – ele disse "– Você chegou mais cedo!
- Oi, meu filho! Você está encharcado até os ossos.
- É, eu sei.
- Mark, se você tivesse ido de bicicleta a escola, teria voltado para casa mais depressa. E não teria ficado tão molhado assim.
 
Ele olhou para mim com ar de timidez, enquanto os pingos da chuva escorriam do cabelo, molhando seu rosto.
 
- Eu sei, papai.
 
Fiquei desconcertado e continuei, como que ponderando com Mark:
 
- Filho, se você sabe, por que não foi de bicicleta?
 
Ele abaixou a cabeça e, de repente, eu compreendi. Eu queria esconder-me debaixo da mesa e ficar ali por um bom tempo. Ele me havia dito varias vezes que o pneu de sua bicicleta estava furado.
 
Chegou a me pedir:
 
- Papai, você poderia consertar o pneu para mim?
- Claro filho – eu havia respondido – Não se preocupe.  Vou cuidar disso imediatamente.
 
Mas não fiz nada. Esqueci-me completamente. Enquanto meu filho continuava ali, na entrada da casa, encharcado e tremendo de frio, ele poderia ter dito:
 
- "Não fui de bicicleta porque alguém me prometeu que consertaria o pneu, mas não consertou".
 
Ele tinha todo o direito de dizer isso. Mas não disse. Sua resposta permanece gravada indelevelmente no meu coração.
 
- Ah! Papai, eu sei que você é atarefado demais, tem muitas coisas para fazer e... Não quis aborrecer você mais uma vez.

Filho - eu pensei -, seu pai não é atarefado demais, ele é egoísta demais. Para mim, um pneu de bicicleta não representava nenhum problema importante – era apenas um item a mais em minha longa lista de "coisas para fazer". Mas, para Mark, significava mais do que um meio de transporte. Significava mais do que uma longa caminhada debaixo de chuva. Significava confiar que seu pai atenderia as suas necessidades.

E você também é atarefado demais?

10 de agosto de 2005

Google Earth


Muito legal!
Show mesmo!

Para quem gosta de novidades, a febre agora é o Google Earth.


É um visualizador que baixa imagens fotografadas de satélite de qualquer lugar do planeta e permite viajar sobre elas. Também mostra desenhos 3D dos prédios de algumas cidades americanas. Nestas, é impressionante o número de informações, como nome de ruas, estradas e localização de inúmeros estabelecimentos comerciais como aeroportos, helipontos, farmácias, cafés, restaurantes, hotéis, pousadas, escolas, etc... Também estão muito cheio de detalhes a Europa, Oriente Médio (Iraque... porque será?), Japão e Austrália.

No Brasil, as cidades melhores mapeadas são Rio de Janeiro e São Paulo. A minha Capão da Canoa está no mapa, hehehe! Sem dúvida o mais audacioso projeto do pessoal do Google... é praticamente o mesmo que ter o mundo em suas mãos...

O Google Earth é apenas o primeiro passo de uma revolução que está por vir. Acredito que um dia teremos acesso a imagens ao vivo, em tempo real, do mundo inteiro, com indicação de pontos comerciais, serviços e tudo mais, num gigantesco banco de dados.

Obs.: É preciso ter acesso à internet em banda larga para usá-lo.


.:: Programa: Google Earth

Gente que faz


O tal do Marcos Valerio pode ser lobista, armador, ladrão, laranja, picareta e tudo o mais que falam dele. Concordo em gênero, número e grau. Mas justiça seja feita: o Marcos Valério é gente que faz. Estou para ver um cara trabalhar tanto!

Abre conta, pede empréstimo, apresenta banqueiro para ministro, dá aval, viaja, almoça com um partido, janta com a oposição, monta outra empresa (monta numa grana), assina milhões de cheques e milhões em cheque, manda dinheiro pra fora, traz dinheiro pra dentro, lava tudo, tenta criar um banco, arma o caixa dois de todo mundo, queima um charuto com os amigos, queima uns documentos com outros, entra em licitações, ganha concorrências, paga o empréstimo dos outros, cobra o empréstimo dos que não pagaram, liga para o ministro, abre conta em outros estados, contrata assessor de imprensa, tira matéria que ia sair na revista, compra uns cavalinhos para a filha, compra uns jumentos no Congresso, bota a secretária na Justiça, cuida das fazendas, compra gado, some com o gado, contrata carro-forte, compra uns carros para a esposa, se encontra no hotel com um, no restaurante com outro, fecha um patrocínio, pega as 15 malas e vai para o aeroporto, conversa com outros malas no avião, divide a grana, faz a entrega, se reúne com os fundos de pensão, pega uma pensão dos fundos, discute cargos, pega uma conta de telefonia, faz intermediação entre empresas e o governo, ganha comissão e o que dá mais trabalho: esconde que fez isso tudo.

E, veja só, eu aqui reclamando que meu emprego dá um baita trabalho...

8 de agosto de 2005

Deixe-me contar-te da minha transformação...

Muitas vezes culpei a DEUS porque servi a Cristo de forma tão leal e, mesmo assim, algumas coisas ruins aconteciam em minha vida... e porquê?

Porque uma vida que não é ofertada a DEUS por completo não agrada a DEUS. Os "atos Cristãos" não passam de mera religiosidade. E RELIGIOSIDADE não é nada. Nunca foi. Não adiantava dar oferta na igreja e não perdoar um irmão. Nem cantar louvores a DEUS, se a pedra do coração impedia o agir de Cristo (lembre-se que JESUS só ressuscitou Lázaro após a "pedra" ser retirada... A falta de perdão é uma pedra que impede o agir de DEUS).

"Mas se julgas que assim serás forte para a peleja, Deus te fará cair diante do inimigo; pois Deus tem poder para ajudar e para fazer cair." II Crônicas 25.8

A Bíblia relata a história do rei UZIAS. Este rei foi servo reto (religioso), mas não servia ao SENHOR por completo (de todo o coração). Foi destruído, mesmo depois de ser o segundo maior rei de Israel. Isso porque achava-se "forte" e legitimado a queimar incenso no templo. Julgava ser tão importante que podia até mesmo questionar os preceitos divinos e não aceitar os conselhos dos sacerdotes.

Quantas vezes queimamos o incenso do louvor para DEUS com o nosso coração e vestes sujas, não é?


As angústias aparecem em nossa vida porque permitimos (quando são provações, o Espírito Santo nos avisa, e nos singe de poder). E porque as desgraças vêm ao cristão que se julga praticante? Porque são RELIGIOSOS, e religião mata. Quem dá a vida é Cristo e a lei mata. Como assim? Um bom exemplo é o de Jó, que era religioso mas perdeu tudo.


Ora, Jó não era reto e temente a DEUS? Não cumpria fielmente com seus sacrifícios ao SENHOR? Mas ele tinha MEDO de perder tudo, e somente porque o diabo plantou aquele medo no coração de Jó (e ele nunca repreeendeu) o SENHOR permitiu que ele perdesse tudo. Jó não cria realmente que DEUS era maior do que QUALQUER problema, por isso as ofertas de Jó eram tão freqüentes. Por puro MEDO!

Veja que MEDO é fé ao CONTRÁRIO. Assim como a fé é a certeza, o MEDO é a incerteza. E sem fé é impossível agradar a DEUS. A fé nos leva às bênçãos e o medo nos leva às maldições.


Nasci em berço cristão. Neto de crente, sobrinho de crente, filho de crente. Tive todos os postos da igreja ao meu convívio: cantores, líderes, missionários, presbíteros e evangelistas. Cresci cercado de ministros e homens de DEUS. Fui muito "religioso" até começar a me "decepcionar" com DEUS. À medida em que meus romances acabavam, eu me afastava. Tudo o que na minha adolescência deu errado eu culpei a Cristo. Quando percebi, eu estava fora dos caminhos do SENHOR, fora da comunhão da igreja, da unção do Espírito Santo e vivendo como o diabo gostava. Estava mesmo decepcionado com DEUS porque eu pensava que Ele tinha me libertado mas só me abençoava às vezes, e via desviados serem abençoados após voltarem à casa do SENHOR, mas eu não.


Realmente eu era liberto dos pecados mais grosseiros como vícios, feitiçaria, adultério, mentira, etc. Julgava-me forte porque não tomava cerveja nem fumava (por enquanto). Pensava que ser crente estava acima de tudo e sequer sabia que era um pensamento arrogante da minha parte. Julgava ser forte porque tive lampejos de poder na minha vida e DEUS me abençoara algumas vezes. Por isso errava como a maioria dos cristãos que pensam ser FORTES e IMUNES e, no auge de minha força, caí como caiu o rei UZIAS (2 Crônicas, cap 26).


Certamente já ouvistes milhares de vezes falarem sobre o filho pródigo. E foi a partir dela a minha conversão. Ouvi esta pregação de um Pastor pela TV. Antes da minha real transformação (que aconteceu em 2003), nunca respeitei verdadeiramente esta passagem (achava que ela era um marketing bíblico que os pastores a enfatizavam para receber novos adeptos no templo).


A passagem fala de um jovem que tinha de tudo dentro da casa do Pai e perdia tudo ao abandoná-lo. Quando ele cai em si, decide voltar e pedir emprego ao pai. Depois ele retorna e recebe tudo de novo... IGUALZINHO a antes. O pai faz uma festa e o pródigo é recebido por seu pai e seus servos, ganha um banho e roupas novas, um anel no dedo e um banquete. O irmão dele inveja aquele jovem, e fica muito triste porque nunca saiu de dentro da casa do pai nunca recebeu nada daquilo.

Ele, porém, respondeu ao pai: Eis que há tantos anos te sirvo, e nunca transgredi um mandamento teu; contudo nunca me deste um cabrito para eu me regozijar com meus amigos; vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado. Replicou-lhe o pai: Filho, tu sempre estás comigo, e tudo o que é meu é teu; era justo, porém, regozijarmo-nos e alegramo-nos, porque este teu irmão estava morto, e reviveu; tinha-se perdido, e foi achado. (Lucas 15.29-32)

Como sempre, o pregador concluiu a pequena mensagem com um chamado aos desviados. Disse ao telespectador que o Pai estava lhe avistando, que os seus anjos estavam prontos para lhe receber. O Pai queria colocar o anel de volta no dedo, dar-lhe novas vestes e fazer uma festa pelo seu retorno... Mas como sempre, eu me julgava cristão que estava apenas passando uma "má fase", e já estava indo desligar a TV quando ele falou:

"- Ou será você o outro filho que SEMPRE esteve dentro da casa dele, mas nunca desfrutou do que era seu por direito?"

Foi quando entendi aquela parábola por completo. Tantos anos ouvindo esta história sem perceber... minha vida foi definitivamente transformada:

Replicou-lhe o pai: Filho, tu sempre estás comigo, e TUDO o que é meu É TEU; (Lucas 15.32)

Caiu a ficha!!!

Caindo, porém, em si, disse: Quantos empregados de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome! Lucas 15.17)

Entendi que eu era o irmão que passei a vida toda DENTRO da igreja vendo os outros voltando prá Cristo, tendo a vida abençoada e serem prósperos, mas na minha vida nada acontecia... Entendi que NUNCA tinha tomado posse do que SEMPRE foi meu. Ora, se Cristo levou sobre si TODAS as nossas dores (físicas, financeiras, materiais, espirituais) e TODAS as nossas enfermidades (amorosas, psicológicas, físicas) porque eu então eu estava sofredo tanto? Entendi que o sofrer é maligno, porque os sofrimentos foram vencidos por Cristo e NELE somos mais do que vencedores. Nisso entendi que no mundo eu teria aflições, mas com bom ânimo venceria o mundo como Cristo venceu. Por isso, EM TODAS AS COISAS, damos graças. Pois JESUS já pagou a conta do nosso banquete!!!


Eu estava desempregado havia um ano e meio, desde que saí do quartel. Ouvi esta pregação pela TV numa quinta-feira. Na manhã seguinte, saí de casa para procurar uma igreja no centro de Porto Alegre RS (naquela época ainda vivia lá). Assisti ao culto que era de perdão e reconciliação. O pastor ensinou o quanto o SENHOR quer nos abençoar mas não pode, porque estamos em pecado:

Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir; mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça (Isaías 59.1-2).

Entendi que para um pai não há ex-filho, embora ele esteja sujo, vomitado, perdido, desgarrado... Entendi que precisava PERDOAR para poder ser abençoado e que somente o MEU PECADO era quem me distanciava de DEUS. Entendi que eu errava por pura falta de conhecimento da palavra. Eu não sabia que o NOME DE JESUS era uma procuração, um cheque que JESUS assinou em branco para que nós pudéssemos sacar qualquer coisa na conta do Pai:

Até agora nada pedistes em MEU NOME; pedi, e recebereis, para que o vossa alegria seja COMPLETA (João 16.24).

OH GLÓRIA! COMPLETA e não em relances de alegria!!!! Quando entendi que eu podia, em nome de JESUS praticar a justiça, pisar no diabo, exigir que ele saísse do meu caminho e parasse de impedir o agir do Espírito Santo na minha vida, eu fui SALVO.


Meu querido irmão. A falta de perdão me distanciara de DEUS e impedira o agir completo do Espírito Santo na minha vida, tal qual o rei UZIAS, que no auge de sua força caiu porque julgava-se forte. Hoje alegro-me simplesmente em ouvir de JESUS o que o apóstolo Paulo também ouviu:

A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza(II Coríntios 12).

Sobre a AUTORIDADE do cristão, aprendi que autoridade não é força. Quando um policial levanta a mão e ordena que um trânsito inteiro pare é por AUTORIDADE, não é por força. Autoridade investida pelo Estado, representada pela sua farda.


Não se fie na sua força, antes tenha tua vestidura limpa, pois é esta "farda" espiritual que o diabo vê e sabe se tem que optar por fugir correndo aterrorisado (quando o resistimos na Palavra) ou se fica porque somos crentes "religiosos" e "suplicantes" que não conhecemos o Poder investido em Cristo e na Igreja, que é Seu Corpo.


Somos ministros de Cristo, e assim, temos poder constituído por DEUS sobre TODO o inferno.

"E é por Cristo que temos tal confiança em Deus; não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus, o qual também nos capacitou para sermos MINISTROS dum novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica. Ora, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fixar os olhos no rosto de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual se estava desvanecendo, como não será de maior glória o ministério do espírito? Porque, se o ministério da condenação tinha glória, muito mais excede em glória o ministério da justiça." (II Cor 3.4-8)

Foi difícil entender que sou MINISTRO de Cristo. Mas entendi que assim como os Ministros têm carta branca do Presidente para agirem em nome dele como se o presidente fossem, assim eu posso agir em nome de Cristo.

Irmão: agora que estás revestido de AUTORIDADE e que já tens em mãos TODA a sorte de bênçãos, exija seus direitos em CRISTO (não DE Cristo, mas EM Cristo, pois o diabo é ladrão e pode estar querendo roubar tua paz. Lute com o diabo!). Tenha uma autovalorização da sua pessoa. É ensinado em todas as partes que nós não valemos nada para Deus, que somos seres sem a mínima expressão diante dEle, e que somente por misericórdia é que Ele nos salva. Veja bem: todos crêem que Jesus pagou um alto preço para nos resgatar, o que é verdade. Mas, se o preço pago foi alto, é porque temos um alto valor para o Senhor Deus. Não se paga tanto por aquilo que tem pouco valor. Pare de suplicar e EXIJA que o diabo fuja da sua frente!Como fez Abraão, aceitei que o SENHOR mudasse a minha vida e permiti que DEUS mudasse a minha história. Abandonei os resquícios do mundo! São ciladas do enganador. São armadilhas que te derrubam na tua força. Entendi que, na nossa força, podemos cair, e que os pecados sutis nos afastam de DEUS tanto quanto os pecados grosseiros...


Entendi que praticar a Justiça é fazer da própria vida testemunho do PODER restaurador de JESUS CRISTO.

6 de agosto de 2005

Mais recentes